Arquivo da tag: carnaval

Madrinhas & Padrinhos

E não se esqueça que vem aí o Intensivão de Agbe!!

      1. Maracatu Encanto do Pina - Encanto do Pina 2013

Matéria linda sobre o Encanto

Como diz a letra que canta Bethânia: …”agradecer ter o que agradecer, louvar e abraçar”. 

Uma das formas mais eficazes que manifestar e atrair sensações e boa vibração é, por aqui, dançar. Exorcizar os fantasmas e agradecer a eles por terem existido, ensinado e partido. Sacudir a saia e fazer barulho pra desopilar o pulmão, os pés e as mãos e seguir, com espaço pro novo. Renovar e sorrir. 

O maracatu tem me oportunado isso e mais um tanto e, em agradecimento, compartilho com vocês um pouco da história do Encanto do Pina, nação que rege o grupo de qual faço parte. 

Leia a reportagem completa!!

Agradecer e louvar, o que o maracatu vem me ensinando de mais precioso, por Matê da Luz

      1. Maracatu Encanto do Pina - Encanto do Pina 2013

E vem aí o Intensivão!!! O grande momento dos agbês com Mestra Joana

Encanto do Pina, carnaval de 2016!

Foi agora que eu cheguei / Para dar o meu recado

Sou eu Encanto do Pina / De nação nagô, de baque virado

EP Carnaval Fábio5

Cheguei no brilho do ouro / Nas ondas do mar sagrado

Sou eu Encanto do Pina / Peço licença pra dar o meu recado

É o Encanto, a nação encantada do Pina, que chega em 2016 e vai dar o seu recado no grupo Especial do Carnaval do Recife!!!

Convocação

Nana

A preparação é intensa!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mestra afoita!

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Revista Aurora, do jornal Diário de Pernambuco, trouxe na sua edição do dia 21 de julho uma reportagem sobre mestra Joana D’Arc, única mulher à frente da percussão de uma nação de maracatu de baque virado.

As ruas estreitas e pipocadas de gente da comunidade do Bode, no bairro do Pina, Zona Sul da cidade, levam à sede-residência do Maracatu Nação Porto Rico. As saias rodadas na varanda sinalizam o endereço da única mulher no estado à frente da percussão de uma nação de baque virado. Em 2005, contrariando preceitos do Candomblé, Joana D’Arc Cavalcante, 34 anos, passou a coordenar e apitar o Maracatu Encanto do Pina. Com a permissão dos orixás e a contragosto da casta tradicional do povo de santo, virou Mestra Joana ou Joana do Agbê.

Veja na Internet a reportagem: http://www.old.diariodepernambuco.com.br/revistas/aurora/20130721/

 

O Encanto do Pina chegou pra ficar!

Do barracão da yalorixá Maria de Quixaba, sai para as ruas: 

* * * Nação do Maracatu ENCANTO DO PINA * * * 

O Encanto do Pina é atualmente uma das mais importantes nações de maracatu de baque virado, típica manifestação cultural do estado de Pernambuco, mais precisamente da cidade de Recife, que suas origens afro-brasileiras nas práticas de coroação do rei do Congo da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário.
Barracão do Encanto do Pina Encanto do Pina 2
 

Maria da Quixaba

 

A Nação do Maracatu Encanto do Pina tem sua sede é no Ylé de Oxum Deym, terreiro de mãe Maria da Quixadá, líder espiritual da Nação.

Situado no Bode, favela em grande parte de casas de palafita, no Bairro do Pina, vem fazendo sua historia ano a ano, passo a passo, não apenas no carnaval, mas principalmente junto de sua comunidade.

É o Encanto do Pina e sua comunidade no Bode, no Pina, é Recife, é Pernambuco, é BRASIL!

O Encanto do Pina caminha com mestra Joana, Marcelo e seus batuqueiros, a corte, suas calungas, os amigos e apoiadores, sua comunidade
JoanaOxumrosto

mestra Joana

O azul do mar e o amarelo ouro cantam os filhos da Nação Encanto do Pina, oferecendo aos povos do mundo a força e o brilho do maracatu, comandados com sentimento e dedicação pela jovem mestra Joana D’arc.

Veja a reportagem da TVPE – sobre a mestra Joana D’arc

SAIBA MAIS EM:

FACE do ENCANTO – http://www.facebook.com/maracatu.encantodopina?fref=ts

 BLOG do ENCANTO – http://encanto-do-pina.blogspot.com.br/p/nacao.html

Conheça um pouco mais da Nação do Maracatu Encanto do Pina pelos vídeos abaixo que  fazem parte de um trabalho de pesquisa que foi realizado no âmbito do projecto INOV-Art/ DgArtes do Ministério da Cultura de portugal em parceria com o Núcleo de Etnomusicologia do Departamento de Música da Universidade Federal de Pernambuco, Brasil.

Parte 1

Parte 2